Páginas

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

OS MELHORES AMIGOS DOS BRASILEIROS - Atualidade




O sonho de todo brasileiro...

A SECA NO MUNICÍPIO DE MAGÉ - Atualidade


Quem diria que o município de Magé um dia passaria por
situação tão alarmante.
Os carros pipas passeiam pela cidade dia e noite.
Triste espetáculo!
Mais de 70 dias os moradores amargam com as torneiras secas.
A CEDAE reconhece que não há água suficiente para abastecer o município.
A população tem que arcar com o prejuízo e pagar altos valores pelos carros -pipas ou apelar para os poços artesianos, caso contrário a cidade fica parada.
Essa falta de água já acontece há muito tempo.
 Entra governo,sai governo e as promessas não são cumpridas.
É mais um ano de descaso do Poder Público.
Há muito que nós, moradores, ouvimos por parte da CEDAE,do prefeito da cidade e das autoridades do Estado que as obras para normalizar o abastecimento de água na cidade estariam prontas ainda este ano...
Falsas promessas. Continua tudo igual ou pior...
Como ficam as escolas,o comércio?
Como a população reage quando vê que é tratada com descaso e que as suas necessidades básicas não são atendidas?
É preciso ter em mente que nem todos têm condições de ter acesso a um carro- pipa que costuma cobrar cerca de R$200,00 para abastecer uma residência.
Esperamos uma resposta dos nossos governantes...
Até quando iremos suportar esse retrocesso?

ABRA SEUS OLHOS - Pensamento


VERDADES QUE NÃO SÃO SECRETAS - Reflexão


Quer conhecer alguém de verdade?
Dê tempo ao tempo...
Ele é Senhor e Razão...
E a Verdade se mostrará clara como a luz do sol.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Tributo a dor HD Dolby stereo


QUANDO ME TORNEI INVISÍVEL - Reflexão

Quando me Tornei Invisível
Já não sei em que datas estamos, nesta casa não há folhinhas, e na minha memória tudo está revolto. As coisas antigas foram desaparecendo.E eu também fui apagando sem que ninguém se desse conta.
Quando a família cresceu, trocaram-me de quarto. Depois, passaram-me para outro menor ainda acompanhada das minhas netas, agora ocupo o anexo, no quintal de trás.
Prometeram-me mudar o vidro partido da janela, mas esqueceram-se. E nas noites, que por ali sopra um ventinho gelado aumentam mais as minhas dores reumáticas.

Um dia à tarde dei conta que a minha voz desapareceu. Quando falo, os meus filhos e netos não me respondem. Conversam sem olhar para mim, como se eu não estivessem com eles. Ás vezes digo algo, acreditando que apreciarão os meus conselhos, mas não me olham, nem me respondem, então retiro-me para o meu canto, antes de terminar a caneca de café. Faço isso para que compreendam que estou triste e para que me venham procurar e me peçam perdão...
Mas ninguém vem . No dia seguinte disse lhes:
- Quando eu morrer, então sim vocês irão sentir a minha falta.
E meu neto perguntou:
- Estás viva avó? ( rindo)
Estive três dias a chorar no meu quarto, até que numa certa manhã, um dos netos entrou para guardar umas coisas velhas. Nem bom dia me deu , foi então que me convenci de que sou invisível.
Uma vez os netos vieram dizer-me que iriamos passear ao campo. Fiquei muito feliz, fazia tanto tempo que não saía!
Fui a primeira a levantar, quis arrumar as coisas com calma, afinal nós velhos somos mais lentos, assim arranjei-me a tempo de não atrasá-los. Em pouco tempo, todos entravam e saíam correndo da casa, atirando bolas e brinquedos para o carro.
Eu já estava pronta e muito alegre, parei na porta e fiquei à espera. Quando se foram embora, compreendi que eu não estava convidada, talvez porque não cabia no carro. Senti que o coração encolhia e o queixo tremia, como alguém que tinha vontade de chorar. Eu os entendo, são jovens, riem, sonham, se abraçam, se beijam e eu e eu.... Antes beijava os meus netos, adorava tê-los nos braços, como se fossem meus. E até cantava canções de embalar que tinha esquecido. Mas um dia...
Um dia a minha neta que acabava de ter um bebê me disse que não era bom que os velhos beijassem os bebês por questões de saúde. Desde então, não me aproximo mais deles, tenho tanto medo de contagia-los! Eu não tenho magoa deles , eu perdoo a todos , porque que culpa têm eles, de que eu tenha me tornado invisível?

Texto original - " El dia que me volvi invisible "
Autora - Silvia Castillejon Peral 
Cidade do México - 2002

Curtir   Comentar   Compartilhar
2 pessoas curtiram isso.
Maria Da Graça Reis

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

NASA DESCOBRE ÁGUA NA LUA...É PARA LÁ QUE EU VOU...Atualidade Magé

SOCORROOOOOO !!!!!!A água de Magé sumiu...
Mistério!!!!!
O que será que está acontecendo por aqui?
O mageense há mais de um mês  não enxerga uma gota de água em suas torneiras.
Até nos bairros que eram os últimos a ficar sem ela ,agora já estão com suas torneiras completamente secas.
Falta de chuva?
Não acredito...
A população revoltada já foi para a rodovia Magé -Manilha fazer protestos colocando fogo em pneus e exigindo  os seus direitos porque as contas de água são pagas.
Já existem pessoas pensando em vender tudo que possuem e sair da cidade contribuindo mais para agravar a crise que se abate pelo comércio.
Lojas desertas,comércio entregue às baratas.
Quem gostará de viver em uma cidade na qual a água não existe?
O prédio em que moro está sendo abastecido a base de carros pipas e é logico que isso no final das contas irá pesar no bolso de todos os moradores ...mas está sendo uma santa solução.
E quem não pode ter esse tipo de abastecimento?
Vai fazer o quê?
Tem pessoas furando poços artesianos procurando água como quem procura ouro.
Há muito tempo que Magé pena com essa situação,mas atualmente ela se agravou muito...
E que providências estão sendo tomadas?
Consciência todos devem ter e usá-la com moderação se faz necessário.
Por aqui tem pessoas conscientes armazenando até a água da chuva. 
Vivemos tempos difíceis...
O país mergulhado em um mar de lama...
Mensalão,Petrolão,Operação Lava Jato,mas nada se compara,ao que se pode encontrar na caixa preta do BNDS.
" Caminhões de dinheiro  têm sido despejados pelo governo brasileiro à governos ditadores,como: Cuba,Venezuela e outros tantos em uma atitude totalmente inconstitucional.
Até quando iremos aceitar esse cálice de fel?
Acorda,brasileiro!
Lutar é preciso!



LIGAÇÃO PREMIADA - Humor

Recebi uma ligação maravilhosa porque o cara me falou que eu tinha ganho R$20.000,00,só que eu tinha que depositar R$2.000,00 na conta dele.
Aí,eu mandei ele fazer o seguinte:
Tirar os R$2.000,000 dos 20 mil e me mandar só os 18 mil para mim.
Ele desligou na mina cara...esse não sabe nem negociar!!!!

Marminino,vai roubar o cão!!!!!!!!
Tá pensando que sou uma loira besta!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O Patinho Feio




DE VOLTA PARA O PASSADO - Humor


Já pensou se houvesse uma máquina do tempo na qual  nós pudéssemos entrar e retornar ao passado?
Quantas coisas que nos prejudicaram e prejudicam poderiam ser evitadas...
Quem sabe, um dia, um cientista consegue essa façanha.
Se essa máquina existisse atualmente teríamos encontrado a solução.
Poderíamos nos livrar da atual e do chefão que apareceu comandando essa estrela decadente.
Teria que ser uma faxina e tanto...
A cegonha levaria um bom tempo viajando com todos os corruptos para outros lugares...
Quem sabe a cegonha levava todos  para o Estado Islâmico?
KKKKKKK!!!!

QUANDO OS ANJOS PERDEM AS ASAS - Reflexão com humor

Mulheres são anjos...
E quando alguém por maldade,consegue quebrar suas asas,mesmo assim elas continuam a voar...
Em vassouras...
Porque todas são FLEX!

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

A LOIRA E O DINHEIRO FÁCIL - Humor

A loira não conseguia passar no teste de nenhum emprego.
Já sem dinheiro,resolveu tomar uma atitude drástica para ganhar dinheiro:
_ Vou sequestrar uma criança!-pensou ela.Com o dinheiro do resgate eu resolvo a minha vida.
Ela encaminhou-se para um playground de um bairro luxuoso e logo avistou um menino com pinta de rico.
Chamou o garoto e puxou-o para atrás de uma moita e foi logo escrevendo um bilhete:
" querida mãe,isto é um sequestro.Estou com o seu filho.Favor deixar o resgate de R$100.000,00,amanhã ao meio dia,atrás da árvore do parquinho.
Ass: Loira Sequestradora.
Então ela pegou o bilhete,dobrou-o e colocou no bolso da jaqueta do menino,dizendo:
_ Agora vai lá e entrega esse bilhete para a sua mãe.
No dia seguinte,a loira vai até ao local combinado e encontra uma bolsa com os R$100.000,00 e um bilhete junto dizendo:
Está aí o resgate que você me pediu.Só não me conformo como uma loira pode fazer isso com outra loira...

A INVEJA FAZ ESTRAGOS NA CABEÇA DE UMA MULHER - Vídeo





sexta-feira, 21 de agosto de 2015

UM BOM FILME E UMA BOA COMPANHIA - Mensagem

A semana passou tão rapidinho e novamente já é sexta-feira...
Desejo a todos um ótimo final de semana.
Uma sugestão:
Que tal um filminho de ação e uma boa companhia como a da imagem acima?
A esperança é a última que morre.
KKKKKK!!!!
Até Breve!

O PALÁCIO CERCADO E O DESPREZO - Reflexão



ITALY wonderful panorama ** regioni d'Italia **




OS 5 TIPOS DE PESSOAS QUE DEVEMOS APRECIAR...Reflexão





1. As que se preocupam com você.
2.As que te corrigem.
3.As que estão ao seu lado nos bons e maus momentos.
4.As que desejam te ver de bem com a vida.
5.As que te fazem enxergar a verdade porque muitas vezes ela não está clara para quem a vivencia.

E o resto...é o resto...

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

A MORTE ANUNCIADA - Atualidade


NUNCA JULGUE NINGUÉM PELA APARÊNCIA - Mensagem


Uma mulher, usando um vestido de algodão barato, e seu esposo, vestindo um humilde terno, desceram do trem em Boston, caminharam timidamente até o escritório do Reitor da Universidade de Harvard e falaram com a secretária dele, mesmo sem ter uma reunião agendadaA secretária adivinhou, no mesmo instante, que esses camponeses vindos das florestas não tinham nada a fazer em Harvar
- Gostaríamos de ver o Reitor, disse suavemente o homem.
- Ele está ocupado, respondeu a secretária.
- Vamos esperá-lo, replicou a mulher.
Durante horas a secretária os ignorou, esperando que o casal finalmente ficaria desanimado e iria embora.
Eles não o fizeram, e como a secretária viu aumentar sua frustração, finalmente decidiu interromper o Reitor, mesmo sendo uma tarefa que ela sempre evitava.
- Talvez se o senhor conversar com eles por alguns minutos eles decidem ir embora, disse a secretária ao Reitor.
Ele fez uma careta e concordou em falar-lhes.
Alguém tão importante quanto ele, obviamente, não tinha tempo para atender pessoas com vestidos e ternos baratos.
No entanto, o Reitor com a cara carrancuda e empolada, dirigiu-se com passo arrogante até o casal.
A senhora lhe disse:
- Um filho nosso cursou Harvard somente por um ano. Ele amava Harvard. Ele era feliz aqui. Mas, um ano atrás ele morreu em um acidente. Meu esposo e eu desejaríamos erigir alguma coisa, em algum lugar do campus, em memória do nosso filho.
O reitor não se interessou.
- Senhora, disse de forma áspera, não podemos colocar uma estátua para cada aluno que cursou Harvard e tiver falecido. Se assim o fizermos, este lugar iria parecer um cemitério.
- Oh não, explicou a senhora rapidamente. Não desejamos levantar uma estátua. Pensamos em doar um edifício para Harvard!
O Reitor revirou os olhos. Olhou com desdém para o vestido e o terno barato do casal e então falou:
Um edifício!! Vocês têm alguma ideia de quanto custa um edifício? Gastamos mais de sete milhões e meio de dólares nos prédios aqui em Harvard!
A senhora ficou em silêncio por alguns instantes.
O Reitor ficou feliz. Pensou que talvez agora poderia se livrar desses dois.
A senhora olhou para seu esposo e disse suavemente: custa tão pouco fundar uma universidade? Por que não fundamos a nossa própria universidade?
Seu esposo concordou. O rosto do Reitor ficou fechado, confuso e desconcertado.
O Sr. Leland Stanford e sua esposa se levantaram e foram embora viajar para Palo Alto, California, onde estabeleceram a universidade que leva seu nome, a Universidade Stanford, em memória de seu filho, pelo qual Harvard não se interessou.
A universidade 'Leland Stanford Junior' foi inaugurada em 1891, em Palo Alto. 'Junior' por ser em homenagem ao falecido filho do rico senhor latifundiário.
Esse foi seu 'memorial'. Hoje a universidade Stanford é a quarta melhor do mundo, e algumas vezes tem sido a segunda ou a número um do mundo, superando Harvard.
QUE FÁCIL É JULGAR PELAS APARÊNCIAS….. !!QUE FÁCIL É EQUIVOCAR-SE AO JULGAR PELAS APARÊNCIAS!!!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

TUDO POSSO NAQUELE QUE ME FORTALECE ! Mensagem



"Que a força do bem seja dez vezes maior do que a do mal."
Vem pra rua!
Venha lutar pelo seu país!
16 de agosto é o dia da Mudaça!
O povo não pode pagar a conta da corrupção que tomou conta do Brasil.
Ou você vem para a rua no dia 16 de agosto ou se conforma com a roubalheira do governo,os acordões,a impunidade e a crise econômica que se abateu sobre todos.
Que um lindo sol brilhe no céu brasileiro e esse final de semana seja glorioso para todos aqueles que desejam um país democrático.
Até breve!

AS SAÚVAS E O BRASIL - Mensagem para o brasileiro

Ou o Brasil acaba com as saúvas  ou as saúvas acabam com o Brasil.
Atualmente essa praga  é muito mais devastadora que há tempos atrás...
Não há agrotóxico que acabe com elas...
São vorazes,insaciáveis e tomaram conta de todo o país.
" Enquanto as cigarras cantam,as formigas fazem a festa..."
Não dá mais para fecharmos os olhos , cruzarmos os braços e impassíveis deixarmos que tudo aconteça...
E é chegada a hora:
O mesmo povo que  elege também tem a legetimidade para tirar.
Vem pra rua!!!!!!
O futuro do país está em jogo.
Lembre-se de que um país que não luta por seus direitos não pode mudar.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

VOCê CONHECE A MÚSICA DOS INFIÉIS? Humor


Esse fato aconteceu em uma cidade inglesa de Manchester...
Um mulçumano devoto e barbudo entra em um táxi.
Uma vez,dentro do táxi pede ao motorista para desligar o rádio,porque não quer ouvir música,como decretado na sua religião,e porque no tempo do profeta não havia música ocidental,que é a música dos infiéis.
O motorista do táxi educadamente desliga o rádio,sai e dirigi-se à porta do lado do passageiro e a abre.
O árabe lhe pergunta:
_ O que você está fazendo?
E o taxista responde:
_ "No tempo do profeta não havia táxis,por isso saia e espere pelo próximo camelo."
      Classe é classe.

terça-feira, 11 de agosto de 2015

A GRANDE CAVALGADA -A Poesia está no ar...




Em um certo dia,um paciente de um manicômio psiquiátrico bate á porta do diretor do hospital.
_ Como vai doutor? Posso entrar?
_ Claro que sim. O que você deseja?
_ Bem,doutor,eu quero lhe dar um presente.
_ Um presente? Mas que presente?
_ É um livro.O nome dele é A GRANDE CAVALGADA.
_ Muito interessante.Mas quem é o autor?
_ Sou eu,doutor.
_ Você? Mas como foi isso?
_ Estou internado aqui há muitos anos e tive bastante tempo para escrevê-lo.
_ Estou muito impressionado.
Se você foi capaz de escrever um livro,é porque já está curado.
_ Vou assinar a sua alta imediatamente.
E o autor do livro foi embora feliz da vida.

Mais tarde o diretor do hospital iniciou a leitura do livro.

Mais tarde ,o médico iniciou a leitura...
Pegou o livro e na capa estava escrito:
                      A GRANDE CAVALGADA
Abriu o livro e começou a ler:

Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.
Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
PocotóPocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
PocotóPocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,
Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.
Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
PocotóPocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
PocotóPocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,
Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó,Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocot.Pócotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.
Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.
Pocotó.pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.pocotó.Pocotó.
Pocotó. Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.Pocotó.

e Pocotó!  Ufa!

sábado, 8 de agosto de 2015

A SAUDADE FALA PORTUGUÊS - Poema

Sinto saudades de tudo o que marcou a minha vida:
Quando vejo retratos,quando sinto cheiros,quando escuto uma voz,quando me lembro do passado...
Eu sinto saudades...
Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,de pessoas que nunca mais falei ou cruzei...

Sinto saudades da minha infância,do meu primeiro amor,do segundo, do terceiro,do penúltimo e daqueles que ainda vou
ter se Deus quiser...
Sinto saudades do presente,que não aproveitei de todo, lembrando do passado e apostando no futuro...
Sinto saudades do futuro,que se idealizado,provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser...
Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!
De quem disse que viria e nem apareceu...De quem apareceu correndo,sem me conhecer direito...De quem eu nunca vou ter oportunidade de conhecer.
 Sinto saudades dos que se foram eu nem me despedi direito!



De gente que passou na calçada contrária de minha vida e que só enxerguei de vislumbre!
Sinto saudades das coisas que tive e de outras que não tive,mas quis muito ter...
Sinto saudades de coisas que nem sei se existiram.
Sinto saudades de coisas sérias,de coisas hilariantes,de casos,de experiências...
Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia e que me amava fielmente,como só os cães são capazes de fazer,
Sinto saudades dos livros que li e me fizeram viajar!

Sinto saudades dos discos que ouvi e me fizeram sonhar.
Sinto saudades das coisas que vivi e das que deixei passar...
sem curtir na na totalide.
Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que...não sei onde...para resgatar qualquer coisa que não sei o que é e nem sei onde perdi...
Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades em japonês,em russo,em italiano,em inglês...mas que minha saudade por ter nascido no Brasil,só fala português,embora,lá no fundo,possa ser poliglota.
Aliás,dizem que se costuma se usar a língua pátria, espontaneamente...Quando estamos desesperados...
para contar dinheiro...Fazer amor...Declarar sentimentos fortes...Seja lá em que lugar do mundo estejamos.



Eu acredito que um simples "I miss you" ou seja lá como possamos traduzir Saudade em outra língua,nunca terá a 
mesma força e significado da nossa palavrinha.Talvez não exprima corretamente a imensa falta que sentimos de coisas ou pessoas queridas.

E é por isso que eu tenho saudades...

Porque nunca encontrei uma palavra para usar todas as vezes que sinto esse aperto no peito,meio nostálgico,meio gostoso,mas que funciona melhor do que um sinal vital quando se quer falar de vida e sentimentos.

Ela é a prova inequívoca de que somos sensíveis!
De que amamos muito o que tivemos...E lamentamos as coisas boas que perdemos ao0 longo da nossa existência.
Sentir saudade é sinal de que se está vivo!

                                    Antônio Carlos Affonso dos Santos

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

UM ABENÇOADO DIA DOS PAIS - Mensagem



Amor,Paz e Luz para todos os pais da Terra e do Céu!
Um feliz dia dos Pais!

O meu amor e a minha saudade eterna para o meu pai do coração,Francisco de Aguiar Bastos.

terça-feira, 4 de agosto de 2015

A ALMA É IMORTAL - Reflexão


Conhece-te a ti mesmo e serás imortal...
Alguns séculos antes de Cristo,vivia em Atenas,o grande filósofo Sócrates.
A sua filosofia não era especulativa,mas a sua própria vida.
aos 70 anos foi condenado á morte,embora inocente.
Enquanto aguardava no cárcere,o dia de execução seus fiéis discípilos moviam céu e terra para o preservar da morte.
O filósofo porem não moveu um dedo para esse fim;com perfeita tranqüilidade e paz de espírito aguardou o dia em que iria beber o veneno mortífero.
Na véspera da execução,seus amigos conseguiram subornar o carcereiro( desde aquela época já existia essa prática... ),
que abriu a porta da prisão.
Críton,o mais ardente dos discípulos de Sócrates,entrou na cadeia e disse ao mestre:
_ Foge depressa, Sócrates!
_ Fugir,por quê?
_ Ora,não sabes que amanhã vão te matar?
_ Matar-me.A mim?Ninguém pode me matar!
_ Sim amanhã terás que tomar uma taça de cicuta mortal- insistiu Críston.
_ Vamos,mestre,foge depressa para escapares à morte!
_ Meu caro amigo,Críton-respondeu o condenado- que mau filósofo és tu!
Pensar que um pouco de veneno pode dar cabo de mim...
Depois,puxando com os dedos a pele da mão,Sócrates perguntou:
_ Críton,achas que isto aqui é Sócrates?
E,batendo com o osso do punho no crânio acrescentou:
_ Achas que isto aqui é Sócrates?...´pois é isto que eles vão matar,este invólucro matéria;mas não a mim.
Eu sou a minha alma.
Ninguém pode matar Sócrates!...
E ficou sentado na cadeia aberta,enquanto Críton se retirava,chorando,sem compreender o que ele considerava teimosia ou estranho idealismo do mestre.
No dia seguinte,enquanto o sentenciado já bebera o veneno mortal e seu corpo ia aos poucos perdendo a sensibilidade,
Críton perguntou-lhe entre soluços:
_ Sócrates,onde queres que te enterremos?
Ao que o filósofo semiconsciente murmurou:
_ Já te disse,amigo,ninguém pode enterrar Sócrates...
Quanto a esse invólucro enterrai-o onde quiserdes.Não sou eu...
Eu sou a minha alma...
E assim expirou esse homem que tinha descoberto o segredo da felicidade,que nem a morte lhe pôde roubar.

Conheci-se a si mesmo,o seu verdadeiro eu divino.Eterno
Imortal...
Assim somos todos nós seres Imortais pois somos Alma,luz,
Divinos,Eternos...
Nós só morremos,quando somos simplesmente esquecidos...

                                   Autor: Umberto Rhodes

Poderá gostar também de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

SOU COMO AS PRIMAVERAS Aprendi com as primaveras a me deixar cortar para voltar inteira.

PARA VOCÊ...

PARA VOCÊ...

PAZ

PAZ
ONDE HÁ FÉ,HÁ AMOR.ONDE HÁ AMOR,HÁ PAZ.ONDE HÁ PAZ,ESTÁ DEUS. E ONDE ESTÁ DEUS,NADA FALTA.

LUZ

LUZ
AO ENTRAR QUE VENHA COM OS ANJOS...AO SAIR QUE OS ANJOS LHE ACOMPANHE!

SOLARIS

SOLARIS
POSSO ESQUECER QUEM ME DEIXOU TRISTE,MAS NÃO ESQUECEREI QUEM UM DIA ME FEZ FELIZ...

SOLARIS

SOLARIS
VOA...VOA...BORBOLETA! NÃO DEIXES QUE O TEMPO E O VENTO TE FAÇAS ESQUECER QUE TEM ASAS E QUE PODES VOAR PELO CÉU...